sexta-feira, dezembro 16, 2011

Traços

Peguei no lápis e rabisquei uma folha. Logo de seguida, agarrei a borracha e devolvi a folha à sua brancura inicial, pelo simples prazer de poder apagar algo feito. Para poder sentir aquela sensação de se voltar atrás e apagar algo que nunca deveria ter existido.

Mas há um pequeno problema: por menor pressão que se faça no lápis, mesmo depois de apagados os traços, os sulcos ficam sempre na folha.

Até podemos "esquecer" os problemas, arrependimentos, palavras, mas haverá sempre sulcos indeléveis na nossa vida ou na daqueles com quem nos cruzamos.

É melhor pensarmos antes de empunhar o lápis, porque mesmo os rascunhos deixam marca.

6 comentários:

Kurikato disse...

Se escreveres bem ligeirinhno, em jeito de quase nao tocar no papel, consegues. Ao menos tenta fazer isso....

Jedi Master Atomic disse...

Ui, estás inspirada :P

Heartless disse...

Não acho que algo possa ser realmente esquecido.

Afal disse...

Iv, já te respondi a isso, toques ligeiros deixam a pensar XD

Jedi, há dias assim, felizmente ^^

Heartless, concordo contigo, pelo menos excluíndo os meus problemas de memória.

Corina de Oliveira disse...

Lá está a cena da confiança... enfim.

Heartless disse...

É estranho? Porque? Já o leste?