quinta-feira, novembro 17, 2011

Pequena (grande) Reclamação

Reclamei um pouco na página de Facebook do Cinema City, porque há filmes bons que nunca chegam a passar por Leiria. Nem sequer vamos falar sobre os filmes que passam lá mais de um mês, isso faz-me menos confusão.

A questão aqui é haver filmes que estreiam a nível nacional, como o 50/50, que eu gostava muito de ver, e que não vai passar no cinema porque para todos os espaços do grupo, só deram duas cópias do filme. A outra questão é haver cartazes espalhados pelo local, cartazes esses de filmes que nem sequer vão passar em Leiria! (E quem diz Leiria diz outras cidades nas quais há City e onde os filmes não aparecem).

Como eu comecei a dizer, reclamei, mas só um bocadinho, coisa mínima só para eles perceberem que há pessoas no resto do país incomodadas com a situação. Nessa pequena reclamação, referi precisamente os cartazes, ao que me responderam que a publicidade é difundida por todos os cinemas do grupo City. Ok...tudo bem, compreendo, mas não deixa de ser publicidade enganosa! Estão a publicitar algo que depois não vai ser exibido naquele cinema.

A resposta a isto...matou-me. Sinceramente. Passo a citar:
"Olá Ana Lopes,

Claro compreendemos e agradecemos a sua atenção.

Mas no sentido inverso permite a pessoas de Leiria que se desloquem a Lisboa saberem o que podem ver em outros cinemas do grupo.

Aproveitando para lembrar que amanha estreia o http://cinemacity.pt/movie/twilight-amanhecer-parte-i/ , reserve já o seu bilhete!

Obrigado

CinemaCity.pt"

Devia levar resposta, mas como nunca mais ia sair dali, calo-me que é o que faço melhor.

É que quando eu for a Lisboa, já vou com ela fisgada e a primeira coisa que vou fazer é meter-me no cinema para ver um filme. Ah! E não pode ser num cinema qualquer, tem de ser no City!

Acho que está na hora de repensarem as prioridades, se é ter os cinemas abertos às moscas, ou se vale a pena diversificar o que apresentam ao público e ter as salas um pouco mais compostas. Mas meus senhores, são vocês que fazem a "análise de mercado", vocês é que sabem que filmes devem estrear em cada espaço.

Deixo apenas o último comentário que fiz quando me deram essa resposta da análise de mercado, depois de ter perguntado se havia alguma razão especial que levasse o 50/50 a não estrear em Leiria:

"Não é a primeira vez que deixo de ver um filme por não passar no city. Ir ao Castello Lopes, para vossa sorte, não é opção. Acho mal que filmes bons não passem no complexo de Leiria, só faz com que as pessoas procurem outras opções e acabem por nem se lembrar da existência do Cinema City, só vos prejudica. Espero que levem isto como crítica construtiva, pois gosto muito da localização e das condições do vosso espaço e não gostava que fechassem por falta de audiência. Nem só de grandes estreias vivem os espaços."

Tenho dito.

7 comentários:

Corina de Oliveira disse...

Precisamente o que acontece na Bila... Ainda agora está muito melhor porque temos o shopping mas ainda há muita coisa a melhorar!

Espero que levem a tua reclamação um pouco mais a sério porque senão Leiria ficará um deserto!

Jedi Master Atomic disse...

Também há disso aqui em Lisboa. Cartazes em certos cinemas Lusomundo e que depois os filmes não aparecem lá. Não é um mal só de Leiria :P

Aflito disse...

Leiria tem cinema? :|

Afal disse...

Kori, no fundo, nem o do shopping se safa, passam praticamente os mesmos filmes.

Jedi, epá, quero lá saber se é só em Leiria ou se o fenómeno se arrasta pelo resto do país! Se têm publicidade, passam os filmes. Se não tencionam passar, não fazem publicidade. Principalmente, não me tentem mandar areia aos olhos com o amanhecer -_-"

Aflito, aparentemente...não.

Kurikato disse...

Há de ser sempre o problema dos cinemas de clubes locais. E publicidade enganosa é o que há mais por ai. O problema é esta comodidade e corrupção que deixamos levar ao fundo, sem irmos de férias para lado nenhum (que nem isso!).

Selenyum disse...

Gostava de retomar o contacto contigo.

Heartless disse...

Uma reclamação desse tipo, tal como muitas outras, só tem efeito passado anos. Mas ainda bem que reclamas, não ficas sentada a pensar em reclamar.

Aqui não há cinema decente. Se passam filmes é com 1 mês de atraso (e isso são os bons), e mesmo assim só ficam uma semana para visualização, e só durante uma parte do dia.

Com os preços a aumentarem para o cinema, só raramente lá irei. Boa sorte na mesma. E claro vamos fazer umas excursão a Lisboa só para ir ao cinema :P