sexta-feira, março 30, 2012

Frustrações

Há um ano atrás, estava na Suiça há três dias.

Gostava de poder dizer que desde que voltei, a minha vida faz sentido, tem um propósito e que me sinto realizada. A verdade é que não posso.

Não estou infeliz, estou longe de me sentir assim, mas sinto-me frustrada com a vida em geral. Como é que é suposto viver a minha vida, traçar metas, como ter uma casa, um carro, etc, sem um emprego?!

Ok, o sonho comanda a vida, mas nem consigo fazer projecções para daqui a um ano, quanto mais cinco, ou dez. Posso continuar a sonhar, mas não são os sonhos que nos levam para a frente.

Há um ano atrás, sabia precisamente o que ia fazer nos quatro meses seguintes, ou quase, mas depois disso, desde que voltei, acabou por descambar. E eu não vou voltar, por várias razões. Gostava apenas de conseguir ter mais certezas. Se não acreditamos num futuro quando somos jovens, quando é que vamos acreditar? Quando chegarmos à terceira idade?!

No meio disto tudo, sinto-me descolada de mim própria. Definitivamente, não era aqui que me via aos vinte cinco anos. Já devia estar a trabalhar há, no mínimo, três.

Enfim...desabafos de quem se sente um bocado inútil e imensamente pouco produtiva. Ando a desperdiçar-me, e aos meus neurónios.

2 comentários:

Heartless disse...

Não são desabafos inúteis e eu compreendo totalmente a tua frustração. Não desanimes menina.

Corina de Oliveira disse...

Vais conseguir linda :) e desabafos nunca são inuteis, nunca mesmo!