quarta-feira, setembro 27, 2006

Medo...


Às vezes, no silêncio, penso em mim, nas minhas acções, no que fiz e no que deixei por fazer. No que não disse e queria dizer, no que me arrependo de ter dito...
Muitas vezes magoamos as pessoas pelo impulso do momento. Quantas vezes magoei as pessoas que mais gosto neste mundo, quase sem ter percepção de que palavras crueis e destituidas de verdade, ou de verdades há muito recalcadas? Perdi-lhes a conta, gostava que isso não tivesse acontecido...
Quantas palavras e gestos ficaram e ficam ainda por dizer e mostrar.
"Gosto de ti", porque é que é tão difícil dizer algo que se resume a três palavras? Tenho medo, mas quem não o tem? Não posso lutar contra mim...não tenho forças para isso, posso mudar aos poucos, mas não consigo combater as coisas que sinto. Essa não sou eu...
Sou apenas aquela pessoa que pensa de mais e age de menos... e pensar dói... "pensar dói como andar à chuva". E eu penso em tudo o que poderia ser e não é, e pode nem sequer haver hipóteses de vir a ser, e tenho medo...

Tenho medo de mim, medo de ti, medo do silêncio...

Tenho medo de pensar...

4 comentários:

Nobody's Bitcho disse...

Então... vê se começas a agir menos e a reagir mais.

É a unica coisa que te posso dizer agora...


Bjinho almoafinha de eu **

Nobody's Bitcho disse...

*almofadinha

Angela disse...

e esse medo é normalissimo, tal como essa dor k sentes...
tb me dói cada vez k certos pensamentos me passam pela cabeça, mas n os controlo e ng o pode controlar por mim (feliz era eu se assim fosse).
esse génio, k é o Pessoa, é k a sabia toda. Dói imenso pensar... e tenho inveja do gato "que brincas na ruas/como se na cama fosse" (axo k nao m enganei xD).

tal como o Imo, n sei o k dizer para te fazeres sentir melhor...
sinto o mesmo k tu e nada do k me dizem me poe melhr, por isso...calo-me, silencio-me mas apoio-te... tal como sei k fazes o msm por mim...
agr soluçoes, nao as tenho... e se as arranjares, diz-m, pk tb preciso!

****** adoro-t madinha ;P*******

Kid_D disse...

O medo desaparecerá quando a confiança que não tens em ti for encontrada noutra pessoa. Essa esperança é que nos leva para a frente. Ou então refugia-te na fantasia e no que "poderia ter sido", e junta-te ao clube.

(gosto do que escreves)