sábado, outubro 23, 2010

Time Out

Ao longo da minha adolescência, geralmente ao ir-me buscar a festas de aniversário, a minha mãe brindou-me diversas vezes com a seguinte frase: "Mais vale saíres mais cedo e sentirem a tua falta, que ficares mais tempo e fartarem-se de ti.". E como é óbvio eu detestava de todas as vezes que ela o dizia! Significava perder parte da diversão (embora geralmente eu fosse a pessoa que estava no canto a apreciar os amigos a fazerem a festa) e no fundo, passar mais tempo de qualidade com os meus amigos fora do contexto escolar.

Hoje, olho para trás e, apesar de continuar a achar que mais uma hora não fazia mal, naquele contexto, há momentos em que mais vale remetermos-nos ao silêncio que aborrecer as pessoas de quem gostamos, ou com quem gostamos de passar tempo. Chega um momento em que mais vale sair de cena em graça, que continuar e dar em desgraça.

Não sei se será a melhor forma de manobrar tudo o que tem acontecido na minha vida ultimamente, mas estou a fazer uma pausa. Pode ser que se salve alguma coisa, nunca se sabe. Pelo menos tento salvar alguns neurónios ;)

5 comentários:

Corina de Oliveira disse...

Também gostava de fazer um time out a certas coisas... era...demasiado bom :)

Já tenho 1 da Victoria Frances :x agora a ver se ele me oferece 1 do Luis Royo :x

Afal disse...

Eu tenho dois da Victoria, mas ainda estão por acabar (e bem longe de o fazer...) mas apaixonei-me por um dela de dois vampiros com máscaras de Veneza *___*

Corina de Oliveira disse...

Concordo contigo... Nada melhor que oferecer o seu :)

Corina de Oliveira disse...

Era só para te desejar um fim-de-semana espectacular :D

Beijinhos *

Corina de Oliveira disse...

ja fui ver *_*