domingo, abril 26, 2009

What's wrong with me?

É assim tão estranho que uma rapariga saiba pensar por si própria?
Ou que não dependa de um homem?

Será assim tão inconcebível que uma rapariga não queira andar a comer gajo atrás de gajo antes de encontrar alguém de quem goste realmente?

Não vou dizer que não me faz faltar estar com alguém, mas isso faz de mim uma pessoa assim tão diferente?

Hell yeah, it does! E sabem que mais? Adoro ser diferente e estranha e esquisita!

1 comentário:

Pereska disse...

Como eu te percebo. A nossa sociedade (e acredito que vai muito mais além da nossa geração) pensa que realmente uma pessoa só é incompleto, é impar. O importante é estares com alguém, mesmo que não seja o alguém de quem gostas e que realmente te completa. Enfim...é irritante, eu sei. Mas deixa, enquanto as outras estão a comê-los tu estás a provar que não precisas deles.